ICCA vai acolher projecto-piloto de Portugal denominado “Garantia para Infância”

Cidade da Praia, 24 Jan (Inforpress) – A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social de Portugal, Ana Mendes Godinho, anunciou hoje a implementação do projecto-piloto “Garantia para Infância” no Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA) para prevenir e combater a exclusão social.

O anúncio foi feito na manhã de hoje, na Cidade da Praia, após uma visita às instalações do ICCA e do Centro Socioeducativo Orlando Pantera, explicando que o programa procura investir nas crianças e adolescentes, através de intervenção social, visando “prevenir e combater” a pobreza extrema, assim como a exclusão social de crianças e adolescentes.

“Com o ICCA assumimos que vamos avançar com o projecto-piloto, da concretização da garantia para infância para também responder a situação de algumas crianças que estão em situação de risco de estar na rua, procurando investir através da intervenção social para prevenir esta situação e procurar cortar este risco” adiantou, realçando que assumiram como prioridade investir nas crianças.

Quanto ao Centro Socioeducativo Orlando Pantera, Ana Mendes Godinho explicou que o espaço procura dar novas oportunidades aos jovens em conflito com a lei, reiterando a disponibilidade em ser um parceiro para a formação e capacitação desses jovens.

“É um sinal que damos à sociedade que não pode desistir de ninguém, pelo contrário, temos de garantir que cada criança e jovem tenha verdadeiramente oportunidade para colocar as suas competências e talentos ao serviço da sociedade, aqui um trabalho de enorme qualidade do Centro Orlando Pantera”, ressaltou.

A governante portuguesa cumpriu hoje o último dia do programa de visita a Cabo Verde e fez um balanço positivo, lembrando que há quatro anos assumiu o Projecto da Residência de Formando e Formadores de Pedra Badejo como a “concretização de um sonho”.

Na terça feira, 23, a ministra esteve reunida com o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, o vice-primeiro-ministro, Olavo Correia, e visitou as estruturas de apoio de actividades geradoras de rendimento no município de São Lourenço dos Órgãos, projecto implementado pela Associação de Apoio às Iniciativas de Autopromoção (Solmi).

LT/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos