Governo garante implementação de medidas de protecção social de cuidados a idosos em vários pontos do País

Cidade da Praia, 07 Mai (Inforpress) – O Governo informou que já forma implementados as medidas de protecção social de cuidados a idosos em vários pontos do País, tendo sido contratados cerca de 68 cuidadores formais e informais, dos 100 previstos.

Conforme uma nota do Governo enviada à Inforpress, neste momento sete municípios já iniciaram este serviço, nomeadamente Praia, São Domingos, Ribeira Grande Santiago, Santa Cruz, Tarrafal de Santiago, Santa Catarina, Mosteiros e nas ilhas de São Vicente, Brava e Maio.

De acordo com a nota foram contratados até agora 68 cuidadores formais e informais, dos 100 previstos, profissionais que auxiliam os idosos na realização das suas tarefas diárias, como cuidados de higiene, confecção de refeições, compras e socialização.

O Governo adoptou o sistema de cuidados a domicílio, com recurso ao recrutamento de trabalhadores sociais, cuidadores e voluntários, em articulação com os serviços das câmaras municipais, da Protecção Civil e da Saúde.

A medida visa assegurar o reforço das equipas sociais locais com a contratação de cuidadores formados e cuidadores informais para garantir a entrega de refeições ao domicílio e elaborar uma triagem dos idosos em situação de dependência, que vivem isolados.

De acordo com a mesma fonte, a medida visa assegurar o reforço das equipas sociais locais com a contratação de cuidadores formados e cuidadores informais para garantir a entrega de refeições ao domicílio e elaborar uma triagem dos idosos em situação de dependência que vivem isolados.

“Neste sentido, permite-se estabelecer um Plano de Cuidados ao domicílio, permitindo aos idosos estarem mais protegidos contra o covid-19, ao mesmo tempo que é assegurada a satisfação das suas necessidades diárias”, lê-se na nota.

Estão registados no Cadastro Social Único 2.892 idosos que vivem só, dos quais 1.195 têm mais de 80 anos.

HR/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos