Gémeos nascem a bordo de embarcação da Guarda Costeira na travessia do canal Santo Antão/São Vicente 

Mindelo, 24 Nov (Inforpress) – O navio de busca e salvamento “Ilhéus dos Pássaros”, da Guarda Costeira, foi o local de parto de um par de gémeos, cuja mãe estava a ser transferida de urgência de Santo Antão para São Vicente.

A história insólita foi relatada pelos serviços do Centro Conjunto de Coordenação e Salvamento (JRCC), da Guarda Costeira, que disseram ter recebido uma chamada telefónica do Hospital João Morais, em Ribeira Grande (Santo Antão) por volta das 22:19 de quinta-feira, 23, solicitando uma transferência médica, de urgência, para São Vicente de uma mulher grávida de gémeos.

De imediato, segundo a mesma fonte, foi accionado o navio “Ilhéu dos Pássaros” que largou do Porto Grande do Mindelo às 23:06 e atracou no porto do Porto Novo às 23:58, tendo depois largado às 00:17 de hoje de Santo Antão.

Entretanto, a grávida, que estava acompanhada de dois enfermeiros e um familiar, entrou em trabalho de parto durante a travessia do canal, com as crianças, dois meninos, a nascerem a bordo do navio de busca e salvamento e com a “insólita navegação” a terminar às 00:50.

Conforme a Guarda Costeira, a mãe e as duas crianças foram entregues de seguida às autoridades de saúde, “dentro dos parâmetros e normas de segurança”, sendo depois encaminhados para o Hospital Baptista de Sousa.

Os serviços do JRCC aproveitaram o ensejo para augurar as “maiores felicidades” à mãe e aos recém-nascidos.

LN/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos