Futebol: Guarda-redes do Palmeira diz ter realizado um sonho ao vencer supertaça e ser eleito melhor jogador

Ribeira Brava, 25 Nov (Inforpress) – O guarda-redes sanicolauense da equipa da Palmeira, Djão, afirmou hoje ser a realização de um sonho vencer um troféu na ilha e no concelho que o viu nascer.

Em declarações à Inforpress, Djão, que foi eleito o melhor jogador da Supertaça de Cabo Verde, em futebol, ao defender duas grandes penalidades, afirmou estar a “ viver um sonho”.

“É algo inexplicável, queria agradecer a população do Tarrafal que sempre me apoiou, isso também demonstra que a nossa ilha

[São Nicolau] tem talentos e tenho fé que um dia serão mais valorizados”, afirmou o guardião muito emocionado.

Do lado dos treinadores, Toca Leite, técnico do Palmeira, da ilha do Sal, reconheceu que não foi um grande jogo, sublinhando que foi “bastante tático”, mas reconheceu o “simbolismo” da conquista do troféu.

“Começamos a época com pé direito, vencemos a Supertaça do Sal e agora a Supertaça de Cabo Verde, um título nacional que a ilha do Sal não tinha e já merecia”, realçou, acrescentando que neste momento o “futebol salense está em alta”.

Em um ano como técnico principal, Toca Leite, já venceu dois troféus nacionais, contudo, afirmou que “está ainda a aprender” e ainda está longe de “eternizar” o seu nome no futebol nacional e salense.

Do lado da Académica do Mindelo, o treinador Rui Leite afirmou que a sua equipa foi a melhor durante os 90 minutos e merecia sair com a vitória.

“Fomos melhor equipa que a Palmeira em todos os capítulos de jogo, dominamos o jogo e o nosso adversário tentou jogar apenas no nosso erro, e cometemos poucos erros, pelo que considero se tivesse uma equipa que merecia ganhar durante os 90 minutos era nossa”, afirmou.

Rui Leite lamentou ainda o facto de dois dos melhores batedores de penáltis do país, na sua opinião, Lela  e Maniche, terem falhado e sublinhou “o futebol é assim”.

De realçar, que a  equipa da Palmeira, do Sal, conquistou hoje a Supertaça de Cabo Verde edição 2023-2024, ao vencer a Académica do Mindelo por 3-2, no desempate a partir da marca de grande penalidade.

WM/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos