Futebol/Fogo: Académica conquista supertaça da ilha na lotaria das grandes penalidades

São Filipe, 11 Nov (Inforpress) – A equipa da Académica conquistou hoje a Supertaça da ilha do Fogo ao derrotar nas grandes penalidades (4-2) o Vulcânico depois de um empate a um golo no tempo regulamentar.

A formação da Académica, que entrou melhor no jogo e dominou o seu adversário nos primeiros 30 minutos, chegou ao golo no minuto 25 por intermédio de Badju, na sequência de uma bola parada, com o avançado da Académica a surgir frente ao guarda-redes e a empurrar para o golo.

Depois do golo sofrido a formação do Vulcânico esboçou a reacção nos últimos dez minutos do primeiro tempo e aos 38 minutos numa boa combinação Heta e Sota, este rematou para a defesa do guarda-redes da Académica desperdiçando a oportunidade para igualar a partida.

Antes do intervalo, Gato desperdiçou aquilo que parecia ser golo certo, rematado ao lado depois de receber e dominar dentro da área e com tempo para fazer o golo.

A segunda metade foi toda ela dominada pelo Vulcânico, aliás durante este período a Académica não criou nenhuma oportunidade de golo e só muito timidamente se aproximou da área do Vulcânico.

Depois de Sota rematar por cima aos cinco minutos, aos dez minutos Noku que acabara de entrar quase marcava, mas valeu a atenção do guarda-redes.

Aos 22, Noku marcou, na sequência de um lançamento, estabelecendo a igualdade que permaneceu até o fim do tempo regulamentar devido ao não aproveitamento das oportunidades pelos jogadores do Vulcânico ou pela boa defesa do guarda-redes da Académica, como aconteceu ao minuto 38 do segundo tempo.

Na marcação das grandes penalidades a formação da Académica foi mais feliz tendo convertido quatro grandes penalidades contra duas do Vulcânico. A equipa do Vulcânico desperdiçou, primeiro por intermédio de Roger que permitiu a defesa do guarda-redes e depois Luizim rematou ao lado.

A primeira parte do desafio a equipa do Vulcânico, contestou a decisão do árbitro Alfredo Costa e seus pares e com alguma razão, pois logo no início do jogo ficou por mostrar um cartão, no mínimo amarelo para Trapatony da Académica e quase no final do desafio a expulsão de Jú por uma entrada por trás contra um adversário.

Na primeira parte o árbitro mostrou seis cartões amarelos, sendo quatro para o Vulcânico e dois para Académica e na segunda parte apenas dois cartões amarelos, um para Académica e outro para Vulcânico.

No final do jogo o presidente da Câmara Municipal de São Filipe procedeu à entrega da taça à formação da Académica, tendo os jogadores das duas agremiações desportivas e o quarteto de arbitragem recebido as respectivas medalhas.

Já no próximo fim de semana será o início do campeonato regional do primeiro escalão com a realização dos jogos referentes à primeira jornada.

JR/HF

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos