Fogo: Indivíduo indiciado da prática de crime de maus tratos a ascendentes em prisão preventiva

São Filipe, 27 Out (Inforpress) – O Tribunal da Comarca de São Filipe decretou prisão preventiva como medida de coação a um jovem de 30 anos indiciado da prática de um crime de maus tratos a ascendente na forma continuada.

O Ministério Público, no âmbito da investigação de um auto em instrução registado na Procuradoria da República da Comarca de São Filipe, ordenou a detenção, fora de flagrante delito, do indivíduo, que reside na cidade de São Filipe, por estar em causa factos susceptíveis de integrarem, por ora, a prática do crime de maus tratos a ascendente na forma continuada, contra a própria mãe.

Depois da detenção, com apoio da Polícia Nacional, foi submetido ao primeiro interrogatório judicial de arguido detido e, em conformidade com o requerimento do Ministério Público, o tribunal aplicou como medida de coação a prisão preventiva.

O indivíduo já tinha sido ouvido pelo poder judicial que aplicou, anteriormente, o afastamento da casa da família como medida de coação, mas o homem violou esta medida.

O processo continua em investigação e permanece por isso em segredo de justiça.

JR/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos