Destino Fogo – desenvolvimento ecológico e sustentável do turismo e inovação da oferta é novo projecto da ONG Cospe

São Filipe, 30 Jan (Inforpress) – A organização não governamental italiana Cospe, que trabalha há mais de duas décadas na ilha do Fogo, vai implementar nos próximos três anos um novo projecto ligado ao sector do turismo ecológico e sustentável.

Segundo uma nota de imprensa, o projecto denominado “Destino Fogo – desenvolvimento ecológico e sustentável do turismo e inovação da oferta em Fogo” vai ser implementado pela ONG Cospe em parceria com a Associação Projecto Vitó, Associação Cabo-verdiana de Luta Contra Violência Baseado no Género (ACLCVBG), Laço Branco, Associação FG Turismo, Associação Italiana Turismo Responsável (AITR) e as três câmaras da ilha.

A apresentação e lançamento oficial do novo projecto que é financiado pela União Europeia está agendada para a segunda semana de Fevereiro na cidade de São Filipe, devendo os responsáveis da organização não governamental apresentar a lógica da intervenção do projecto, assim como a apresentação dos parceiros.

Na sessão de apresentação oficial do projecto será feita a identificação e selecção das localidades da ilha para a implementação das análises participativas da cadeia ecoturística e a identificação das comunidades-alvo.

O projecto “destino Fogo – desenvolvimento ecológico e sustentável do turismo e inovação da oferta em Fogo” tem como objectivo, segundo uma nota de imprensa da ONG Cospe, promover o turismo sustentável nas áreas protegidas de Cabo Verde como factor de geração de rendimentos e crescimento socioeconómico para as comunidades locais.

Recorda-se que no ano de 2023 foram encerrados os projectos Pessoa e Terra de Valor, financiados pela União Europeia e Fundo Canadiense para iniciativas locais (CFI) e Agência Italiana de Cooperação para o Desenvolvimento (AICS) e Expertise France, respectivamente, e implementado pela Cospe em parceria com diversas outras instituições.

JR/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos