Festividades de Santo António arrancaram com actuações de grupos de batuco na Rua da Tabanca

Cidade da Praia, 06 Jun (Inforpress) – As festividades de Santo António arrancaram na noite de quinta-feira no bairro de Achada Santo António, Praia, com actuações de grupos de batuco, na Rua Tabanca, e culminam a 13 de Junho, dia do santo padroeiro do bairro de Achada de Santo António.

Em declarações à Inforpress, o presidente da Associação da Tabanca de Achada de Santo António, Pedro João Carvalho, explicou que durante esses dias os juízes vão ser os responsáveis pelas actividades culturais das festividades e dos almoços para os convidados.

Pedro João Carvalho informou que o ponto alto vai acontecer no dia 13 de Junho, que inicia com uma missa na capela de Achada Santo António, às 6:00, “roubo do santo” às 07:00, e a “festa de ladrão” às 14:00.

Acrescentou que o santo só volta à capela quinze dias depois, com o ritual de “buska santu”, que deverá acontecer a 28 de Junho.

O responsável avançou que a festividade têm melhorado em cada ano, com muita adesão das pessoas e tem sido uma maior tradição do bairro de Achada Santo António.

No dia 13 de Junho, “Dia de Santo António”, padroeiro da Tabanca de Achada Santo António, por volta das 8h00, os ladrões roubam o Santo na Capela da corte. O mesmo é vendido em casa da “rainha de gasadjo” (casa onde o santo é guardado) por cerca de 15 quinze mil escudos.

O santo na verdade é um símbolo, ou seja, uma pequena bandeira branca com uma cruz vermelha no centro, e uma vara de marmeleiro com uma fita vermelha atada numa das pontas.

A capela da corte está constantemente protegida pelos guardas armados com espingardas de pau, mas os ladrões e seus acompanhantes ultrapassam os guardas e efectuam o roubo.

Depois, levam o Santo para a venda na “rainha de gasadjo” se for mulher ou” rei de bandeira”, se for homem”.

Depois do roubo do Santo a bandeira é colocada a meia haste, na Capela da corte, símbolo de luto da Tabanca.

OM/JMV
Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos