Estado Nação: Ministro diz que Cabo Verde tem hoje “melhor presente e mais futuro”  (c/áudio)

Cidade da Praia, 29 Jul (Inforpress) – O ministro de Estado e da Presidência do Conselho de Ministros, Fernando Elísio Freire, disse hoje que apesar de todos os obstáculos foi possível transformar Cabo Verde numa nação com esperança no presente e no futuro.

Em conferência de imprensa onde fez o balanço dos três anos de governação, nas vésperas do debate sobre o Estado da Nação, Fernando Elísio Freire adiantou que foi possível colocar Cabo Verde na rota do desenvolvimento, de geração de empregos, da inclusão social e da confiança e da credibilidade externa.

“Em apenas três anos de governação, e apesar dos todos os obstáculos que enfrentamos, foi possível transformar uma nação decepcionada numa nação com esperança no presente e no futuro. Esta prestação de contas que disponibilizamos demonstra que Cabo Verde tem hoje melhor presente e mais futuro”, sustentou.

Fernando Elísio Freire falou de uma visão integrada a nível do desenvolvimento humano, que segundo indicou permitiu resultados nunca antes alcançados a nível da inclusão social, da protecção e promoção dos direitos das crianças e dos adolescentes, das garantias e cuidados a pessoas com deficiência, da igualdade equidade de género, inclusão social dos imigrantes, da habitação e saúde.

“Criamos rendimento social de inclusão bem como o programa de inclusão produtiva. Melhoramos o acesso a medicamentos para os mais desfavorecidos e criamos a tarifa social de água e energia que permite a milhares de cabo-verdianos ter condições condigna de vida”, exemplificou.

Falou ainda da implementação do programa de garantias de cuidados a pessoas com deficiência e garantia de direitos á educação e da eliminação das propinas até ao 12º ano.

Conforme salientou o governante, isto só foi possível porque as escolhas que o Governo teve que fazer permitiram que Cabo Verde tenha hoje crescimento económico com impacto na vida dos cidadãos.

“Conseguimos dar volta à recessão económica de 2015 e colocar Cabo Verde a crescer cinco vezes mais”, sustentou adiantando que a nível da qualificação do capital humano há hoje melhores oportunidades para jovens, com o programa de oferta e subsidiação da formação profissional a beneficiar cerca de 5700 jovem só em 2019.

Fernando Elísio Freire salientou ainda que Cabo Verde é hoje um país mais seguro, com redução de ocorrências criminais e de homicídios. Por outro lado, sustentou que as forças policias têm hoje melhores condições remuneratórias, melhores meios, mais e melhores equipamentos.

“Renovamos meios e equipamentos. Houve um aumento de efectivos e a implementação do policiamento de proximidade. Implementamos o projecto cidade segura. Foram investidos 22 mil contos no sistema de informação criminal”, disse considerando que o atentado ao presidente da Camara Municipal da Praia, é um acto ignóbil e repudiado pelo Governo.

O ministro salientou que apesar dos dois anos de seca, o Governo está a construir e a implementar respostas para tornar o país mais resiliente e menos vulnerável com investimentos que trarão impactos no emprego, rendimento, e infra-estruturas e no salvamento de gado e mobilização da água.

Conforme realçou, o Governo continua empenhado em valorizar a ambição de todos os cabo-verdianos e em alcançar mais e melhor qualidade de vida.

“Enquanto houver um jovem desempregado, enquanto houver um cabo-verdiano com falta de oportunidades, o Governo trabalhará para que todos possam ter acesso a oportunidades”, enfatizou, reiterando a confiança em como o executivo cumprirá todas metas inicialmente definidas, nomeadamente o crescimento económico de 7% ao ano.

MJB/FP

Inforpress/fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos