Espectáculo “Brancas Memórias” da companhia Astro Fingido de Portugal apresentado hoje na Praia

Cidade da Praia, 25 Out (Inforpress) – O espectáculo “Brancas Memórias”, da companhia profissional de teatro Astro Fingido, de Portugal, vai ser apresentado hoje na cidade da Praia na VII edição do Festival de Teatro do Atlântico (Tearti).

Com encenação de Fernando Moreira e interpretações de Ângela Marques, Luísa Alves e Odete Mosso, o show acontece no Centro Cultural Português a partir das 19:00.

Conforme se lê na sinopse do espectáculo Brancas Memórias, embora reverente, pelos conteúdos, é um espectáculo trágico, cómico e desempoeirado como deve ser a obra teatral, e que fala da memória e da falta dela, da sua relevância na saúde mental e na terceira idade. Na perspectiva do actor perante a memorização de um texto, a sua angústia e o medo de uma “branca” (a perda de memória em palco).

“Três mulheres entram numa casa devoluta para resgatar o passado, entre recordações de gente concreta, habituada a utilizar a memória como ferramenta de trabalho, são simultaneamente três actrizes de teatro (da arte do efémero), da arte que resta do que conservamos na memória, e que se dispuseram a dar-nos o seu generoso contributo sobre a perda de memória, evidenciando situações pelas quais passaram as suas mães”, lê-se no documento.

A sétima edição do festival decorre até o dia 26 de Outubro sob o lema “Sodadi”, contando com a participação de oito companhias nacionais e internacionais, de acordo com a programação do evento.

A nível internacional, são três países, Espanha, Portugal e Brasil, e, de Cabo Verde, participam grupos das ilhas de Santiago e da Boa Vista.

Os espectáculos estão a decorrer no Centro Cultural Português, no Palácio da Cultura Ildo Lobo e no cinema do Platô, com um número de grupos inferior em relação aos anos anteriores, devido à falta de financiamento, segundo Jailson Miranda, director de produção da Companhia Fladu Fla, promotora do festival.

A sétima edição do Festival Internacional de Teatro do Atlântico será encerrada nesta quinta-feira com “Escuridão Bonita”, uma peça das companhias de Teatro de Sintra e Fladu Fla, no Centro Cultural Português, às 19:00.

TC/HF

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos