Pneumorel retirado do mercado português não faz parte da Lista Nacional de Medicamentos – Emprofac

Cidade da Praia, 19 Mar (Inforpress) – A directora técnica da Emprofac, Simone Lima, tranquiliza os cabo-verdianos quanto ao medicamento Pneumorel retirado recentemente do mercado português, por este “não fazer parte da Lista Nacional de Medicamentos aprovada em Cabo Verde”.

Segundo aquela responsável, o referido medicamento, com a denominação comum internacional (DCI) “fenspirida”, princípio activo do medicamento Peneumorel, não entra no circuito normal de distribuição da Emprofac, “salvo se houver uma autorização de importação do órgão regulador (Direcção Geral da Farmácia e do Medicamento).

Recentemente, a Autoridade Nacional do Medicamento de Portugal determinou a retirada do mercado do remédio Pneumorel xarope e comprimidos para tratamento de afecções das vias respiratórias na sequência da identificação de um potencial efeito nocivo no ritmo cardíaco.

Segundo uma nota disponível na sua página da Internet, o Infarmed determina a retirada do mercado dos medicamentos Pneumorel, xarope, 2mg/ml e Pneumorel retard, comprimidos gastrorresistentes, 80 mg.

A mesma fonte esclarece que o laboratório Servier Portugal – Especialidades Farmacêuticas, Lda, decidiu suspender e retirar do mercado aqueles medicamentos devido à identificação de um potencial efeito nocivo no ritmo cardíaco associado à utilização de medicamentos contendo a substância fenspirida.

Estes medicamentos estão indicados no tratamento de afecções das vias respiratórias como rinofaringites, laringites, manifestações respiratórias e otorrinológicas da alergia, otites e sinusites e das afeções das vias respiratórias inferiores como rinotraqueobronquites, bronquites, bronquites crónicas com ou sem insuficiência respiratória crónica.

Os medicamentos são também utilizados nas manifestações respiratórias da gripe e possível tratamento de fundo da asma pura ou complicada.

LC/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos