Diáspora: Convivência com cabo-verdianos leva músico português a cantar em crioulo

Cidade da Praia, 13 Ago (Inforpress) –  Premonition XX9ine, nome artístico de Rafael Lubrano, é um jovem português, residente no Luxemburgo, mas que devido à convivência com a comunidade cabo-verdiana apaixonou-se pela língua crioula, levando-o a gravar quatro singles em crioulo.

Em conversa hoje com a Inforpress, via messenger, Premonition XX9ine, que lançou o seu primeiro single no mês de Junho deste ano, contou que apesar de só estar a divulgar o seu trabalho agora, há dois anos é que vem compondo, antes poesia e agora letras de música em crioulo, português e inglês.

Este jovem de 22 anos, vive há nove anos no Luxemburgo e tem convivido sempre com a comunidade cabo-verdiana neste país. Essa convivência, revelou, fez com que hoje ele considera-se o crioulo, como a sua língua materna, uma vez que todos os dias fala em crioulo.

“Crioulo é a minha língua materna. Nasci em Portugal, mas tenho mais hábito de falar crioulo por causa dos meus amigos. Convivo muito com eles por isso falo crioulo 24 horas por dia”, revelou.

Nas plataformas digitais, este jovem que é sobrinho da artista cabo-verdiana Suzana Lubrano, já tem disponíveis as músicas “Kuze qui da errado” (o que deu errado), “En sta de volta” (Estou de volta), “Nina bo é linda” (Menina tu és linda).

As três composições são totalmente em crioulo, entretanto, avançou que as próximas letras serão musicalizadas em crioulo e português e crioulo e inglês, para que as suas músicas possam ser compreendidas por todos.

Neste sentido, no dia 29 deste mês tem previsto lançar nas plataformas digitais o seu quarto single intitulado “I won´t go back to my ex”.

A mesma fonte revelou que tem várias composições escritas que podem vir a integrar um álbum, no futuro, mas que por agora prefere lançá-las aos poucos nas plataformas digitais e conquistar o mercado.

Premonition XX9ine considera ser um artista “como arco-íris”, pois canta em vários estilos e bits, isto é, Kizomba, rapper, funaná, entre outros.

Segundo disse, as suas músicas têm sido bem aceites não só pelos cabo-verdianos no Luxemburgo como em Cabo Verde, em Holanda, França, Portugal, Londres (Inglaterra), Suíça, entre outros países, por isso espera conseguir ter um produtor musical.

Premonition XX9ine disse à Inforpress que já esteve em Cabo Verde algumas vezes, mas que pretende voltar ao país como artista e estrear-se nos diferentes palcos do arquipélago.

AM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos