Dia da Europa: Instituição promove “união e solidariedade” para celebrar esta efeméride em Cabo Verde

Cidade da Praia, 09 Mai (Inforpress) – A embaixadora da União Europeia em Cabo Verde afirmou hoje que estão a celebrar o Dia da Europa com união e solidariedade, pondo em prática os valores que estão na génese da construção da instituição criada há 70 anos.

A União Europeia, conjuntamente com as Embaixadas de Portugal, Espanha, Luxemburgo, da França, a FICASE e outras organizações não-governamentais celebram hoje o Dia da Europa em Cabo Verde, com a entrega de cestas básicas a 177 famílias vulneráveis dos concelhos da Praia e São Vicente.

Está prevista ainda a realização de um concerto `online , por volta das 18:00, com a participação da banda sul-africana Mi casa, Djodje, Rapaz 100 Juiz, banda sete luas da Brava e do Maio.

Em declarações à Inforpress, Sofia Sousa disse que na impossibilidade de estarem fisicamente em vários pontos e noutras ilhas do País, como tem sido o habitual para celebrar esta data, vão estar virtualmente e a partilhar, com as nove ilhas de Cabo Verde, com a diáspora e com todos os amigos da união Europeia, esta união.

“É sem dúvida uma celebração diferente, mas não é menos intensa e reveste de um carácter de muito maior intensidade, porque realmente é solidariedade e é união, que são os princípios da União Europeia e os princípios da nossa parceria, forte, existente entre a UE e Cabo Verde, e que queremos levar e elevar da melhor forma, através da cultura, a todos os cantos”, afirmou.

Sofia Sousa disse que com o apoio da FICASE e da Associação Cabo-verdiana de Luta Contra a Violência Baseada no Género, Espaço Aberto Safende, Solmi, Associação Maracana, África 70, entre outros, estão a fazer a distribuição de produtos importantes e necessários para às famílias que precisam de apoio nesses “tempos difíceis” de vários bairros da Ilha de Santiago, em São Vicente, Fogo e Brava.

Essas acções, sublinhou, vão continuar a decorrer na próxima semana e há ainda um pacote de acções de solidariedade que estão a prever, em parceria com o Ministério da Família e da Inclusão Social, com a Associação Amigos da Natureza e outras associações comunitárias.

“Este evento é para relembrar a importância da solidariedade, o papel que cada um de nós pode fazer, de apoio ao próximo e de apoio a todos aqueles que estão numa situação menos privilegiada”, salientou.

A representante da delegação da UE, Carla Folgôa, reforçou que no âmbito deste apoio de solidariedade, mais de 500 famílias de todas às ilhas do País vão ser beneficiados com géneros alimentícios.

Relativamente ao concerto `online, a embaixadora da UE em Cabo Verde precisou que isto é um tributo que estão a fazer à cultura.

“A cultura sempre foi e é muito importante neste período difícil que todos nós atravessamos e no mundo inteiro. É a cultura que nos tem acompanhado, são os livros, as músicas, as partilhas de textos, pinturas, tudo que tem de expressões culturais, que nos tem acompanhado neste tempo de confinamento”, disse, acrescentando que foi pensado na cultura que desafiaram esses artistas para partilharem durante uma hora “bons ritmos, muita vibração e muita dança” com todos os povos.

Adiantou que já há milhares de manifestações de interesse de participação neste evento de pessoas que estão em Tajiquistão, Peru, Gabão, Moçambique, Angola, Bruxelas, Portugal e da diáspora na Europa e nos Estados Unidos da América.

Para além do concerto ser divulgado em directo nas páginas da União Europeia em Cabo Verde, no facebook e no instagram, a pensar nas pessoas que não têm acesso a internet, a UE vai assegurar a retransmissão através da RCV, a partir das 20:00, na RTP África, após a transmissão live´, e na TCV em momento posterior.

O Dia da Europa ou dia da União Europeia é uma data comemorativa celebrada anualmente na Europa (ou na União Europeia) no dia 09 de Maio.

A data escolhida reflecte o dia 9 de Maio de 1950, em que o estadista francês Robert Schuman, então ministro dos negócios estrangeiros da França, avançou com a proposta de uma entidade europeia supranacional e a criação de um mecanismo inovador de cooperação entre Estados europeus visando a paz, a estabilidade e o desenvolvimento.

Essa proposta ficou conhecida como a Declaração Schuman e é considerada o embrião da actual União Europeia.

AM/JMV

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos