CPLP congratula-se com convocação das próximas eleições presidenciais na Guiné-Bissau

Cidade da Praia, 24 Jun (Inforpress) – A CPLP congratulou-se com a decisão do Presidente da Guiné-Bissau de convocar as próximas eleições presidenciais para 24 de Novembro de 2019, que concluirão um ciclo eleitoral, assegurando a “imprescindível estabilidade democrática e governativa” na Guiné-Bissau.

Segundo uma nota informativa da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), esta é uma declaração dos ministros dos Negócios Estrangeiros e das Relações Exteriores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), face à actual situação política na República da Guiné-Bissau.

A CPLP reafirmou o compromisso e empenho em apoiar, em estreita articulação com os demais parceiros internacionais, o futuro governo da Guiné-Bissau na mobilização dos recursos necessários para fazer face aos desafios prementes que se colocam ao país, na sua “justa e legítima” procura dos caminhos do desenvolvimento económico e social.

As eleições legislativas na Guiné-Bissau realizaram-se a 10 de Março, mas o Presidente, José Mário Vaz, só na sexta-feira passada começou a ouvir os partidos para indigitar o primeiro-ministro e consequente nomeação do Governo.

Na quarta-feira 19, recusou o nome de Domingos Simões Pereira, presidente do PAIGC, para o cargo de primeiro-ministro, pedindo ao partido para indicar outro nome, tendo neste sentido, por indicação do mesmo nomeado Aristides Gomes como novo primeiro-ministro do país.

José Mário Vaz cumpriu cinco anos de mandato como presidente da Guiné-Bissau este domingo 23.

CM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos