Covid-19/São Vicente: Parte das 1500 viseiras produzidas no HBS foi usada na assistência aos casos suspeitos

Mindelo, 03 Abr (Inforpress) – Parte das 1500 viseiras produzidas esta semana por médicos e enfermeiros dos serviços gerais do Hospital Baptista de Sousa  (HBS), em São Vicente, já foi utilizada na assistência aos casos suspeitos da covid-19.

De acordo com nota do HBS, a iniciativa da confecção deste material partiu do médico pneumologista José Luís Spencer e do enfermeiro Nilton Évora, que integram o núcleo do plano de contingência do hospital.

Este material faz parte do equipamento de protecção individual utilizado pela equipa multidisciplinar para acompanhar eventuais casos da covid-19 em São Vicente.

Este é sexto dia consecutivo em que não se registava nenhum caso do novo coronavírus no arquipélago, sendo que o último caso positivo tinha sido reportado no passado sábado, 28.

Entre os quatro casos positivos na ilha da Boa Vista, um resultou em óbito, um cidadão inglês de 62 anos.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infectou um milhão de pessoas em todo o mundo e provocou 50 mil mortos.

CD/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos