Covid-19/ São Vicente: Campanha de desinfecção focada hoje nas paragens de autocarro – vereador

Mindelo, 15 Abr (Inforpress) – A campanha de desinfecção para combater a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), em São Vicente, prosseguiu hoje com foco nas paragens de autocarro, como ponto de aglomeração de pessoas, avançou o coordenador, o vereador José Carlos da Luz.

Conforme este responsável adiantou no final de tarde de hoje à reportagem da Inforpress, a campanha decorre “muito bem” e tem sido feita com o intuito de se “poder eliminar o novo coronavírus da ilha, pelo menos nos espaços exteriores”.

Sendo assim, ajuntou, incidem neste momento nas paragens de autocarro, que normalmente aglomeram algum número de pessoas, mas também instituições de serviço público, iniciando na esquadra policial de Fonte Inês, percorrendo outras zonas como Cruz João Évora, Madeiralzinho e Chã de Alecrim.

“É para continuar, mas espero que não haja necessidade de fazer em todas a zonas, porque acho que vamos eliminar o vírus da ilha dentro de pouco tempo”, salientou José Carlos da Luz, à agência de notícias Inforpress, numa das últimas paragens feitas hoje, mas com a visão que se houver necessidade, farão a intervenção em todos os “pontos cruciais”.

A campanha de desinfecção, iniciada na semana passada, no Mindelo, já percorreu, segundo a mesma fonte, áreas adjacentes à Delegacia de Saúde de São Vicente e casa da cidadã chinesa, considerada como o único caso de Covid-19 na ilha, e ainda zona de Monte Sossego, onde mora um contacto deste primeiro caso, Ribeira Bote e Ilha de Madeira.

Mas, também incidiu em lugares como Mercado de Peixe, Praça Estrela e outros espaços no centro da cidade do Mindelo.

A intervenção, que tem a protecção de agentes policiais e militares, é manuseada por técnicos de Protecção Civil e feita através de uma solução de água e lixívia, com doses recomendadas pelos técnicos da Delegacia de Saúde de São Vicente, conforme o coordenador da campanha.

O Ministério de Saúde e da Segurança Social confirmou hoje que 45 das 196 amostras aos trabalhadores que estiveram de quarentena no hotel Riu Karamboa, na ilha da Boa Vista, testaram positivas.

De acordo com a informação divulgada pelo Governo, num total de 196 amostras realizadas no Laboratório de Virologia do Instituto Nacional de Saúde Pública, no Hospital Agostinho Neto, 147 tiveram resultados negativos, 45 positivos, ao passo que quatro se encontram pendentes.

Com estes 45 casos, elevam para 55 os casos positivos testados em Cabo Verde, sendo 51 na ilha da Boa Vista, três na Cidade da Praia e um na ilha de São Vicente.

LN/JMV

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos