Covid-19/Santa Cruz: PN detém 24 pessoas e apreende mais de 20 viaturas por incumprimento do estado de emergência

Pedra Badejo, 07 Abr (Inforpress) – A Polícia Nacional (PN) em Santa Cruz já deteve 24 pessoas e apreendeu mais de 20 viaturas por incumprimento do estado de emergência decretado por causa da pandemia da covid-19, revelou à Inforpress o comandante Emanuel Teixeira.

Segundo o responsável da PN em Santa Cruz, ad pessoas detidas vão ser apresentadas ao Tribunal.

“Nós temos estado a fazer a nossa parte, retirando as pessoas da rua”, afirmou, acrescentando que se continuou a basear na sensibilização, mas reconheceu que em certas situações são necessárias “medidas mais duras”.

Neste sentido, demonstrou que as pessoas detidas são as que resistem e insistem em não cumprir com o que foi estabelecido com a declaração do estado de emergência.

Instado se a população santa-cruzense está a respeitar as normas do estado de emergência, Emanuel Teixeira respondeu que em parte sim, mas que há algumas pessoas que não estão a ficar em casa.

“De um modo geral podemos dizer que o balanço é aceitável”, reforçou.

Sobre a denúncia da detenção de donos de lojas, o comandante justificou que a pessoa que foi conduzida para a esquadra é por causa do alvará que estava caducado.

Neste sentido, informou que tem estado a notificar os donos desses estabelecimentos, a fim de se saber a quantidade de pessoas que têm no trabalho e até que horas estão a funcionar.

O comandante da PN em Santa Cruz apelou à população para ficar em casa e respeitar as medidas decretadas, para que se possa evitar a propagação da covid-19.

“Não temos casos confirmados no concelho, mas quanto mais prevenirmos é melhor para nós”, enfatizou.

Cabo Verde regista até este momento sete casos confirmados do novo coronavírus. O último, cuja origem da transmissão continua uma incógnita, foi registado na ilha de São Vicente, totalizando três ilhas do arquipélago com registo da doença.

Dados divulgados esta segunda-feira, 06, dão conta que a pandemia do novo coronavírus já matou 68.125 pessoas em todo o mundo e infectou mais de 1,2 milhões desde Dezembro.

De acordo com os dados recolhidos pela agência noticiosa francesa, mais de 1.244.740 casos de infecção foram oficialmente diagnosticados em 191 países e territórios desde o início da epidemia, em Dezembro passado, na China.

WM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos