Covid-19: Presidente da RPPD apela aos cabo-verdianos a respeitarem as indicações das autoridades

Cidade da Praia, 02 Abr (Inforpress) – O presidente da Rede Parlamentar para a População e Desenvolvimento apelou aos cabo-verdianos a continuarem a respeitar as indicações das autoridades sanitárias e segurança pública durante o período de emergência decretado em função da evolução da pandemia de covid-19.

Num comunicado onde deixou a sua satisfação perante as medidas excepcionais e temporárias de resposta à situação epidemiológica provocada pelo novo coronavírus  e a proposta de lei que altera a  lei Orgânica do Banco de Cabo Verde, aprovadas na plenária da última quarta-feira, José Soares manifestou a sua solidariedade pelo momento difícil pelo qual o mundo vive.

“Quero manifestar a minha total solidariedade ao Governo de Cabo Verde, aos cabo-verdianos no país e na diáspora e aos povos do mundo inteiro, pelo momento difícil que estamos a enfrentar e, como nunca é demais, pedir que continuemos a respeitar as indicações das autoridades sanitárias e de segurança pública”, referiu.

Para José Soares, juntos será possível combater esse inimigo invisível e vencer esta batalha, mas todos têm de cumprir com as decisões e orientações emanadas pelas autoridades governamentais e sanitárias.

“O estado de emergência por si só não mata a covid-19, o que significa que todos nós devemos ser soldados desta guerra colaborando com o Governo e as autoridades sanitárias afincadamente”, acrescentou.

No seu entender, este é o momento em que todos devem estar unidos e solidários sendo que é uma luta que diz respeito a todos independentemente das convicções políticas, religiosas, filosóficas e não olha a cor, crenças, preferências, condições sociais, raças e pela idade de cada um.

O Estado de Emergência foi decretado pelo Presidente da República, no dia 28 de Março, em função da evolução da pandemia de covid-19, e iniciou às 00:00 de domingo, 29 de Março, e prolonga-se por 20 dias, até às 24:00 do dia 17 de Abril.

Em Cabo Verde, por quatro dias consecutivos, não se registou nenhum caso do novo coronavírus.

Até o momento, tem seis casos positivos do novo coronavírus, sendo quatro na ilha da Boa Vista e dois na cidade da Praia.

Entre os quatro casos positivos na ilha da Boa Vista, um resultou em óbito, um cidadão inglês de 62 anos.

Segundo o balanço da agência AFP de hoje, com dados oficiais dos países, a pandemia do novo coronavírus já matou 45.719 pessoas em todo o mundo e infectou mais de 900 mil, desde Dezembro passado.

Pelo menos 176.500 são considerados curados pelas autoridades de saúde.

O continente africano registou 6.198 casos e 223 mortes

AV/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos