Covid-19: Estudantes cabo-verdianos em Portugal pedem repatriamento para o País

Cidade da Praia, 26 Abr (Inforpress) – O embaixador de Cabo Verde em Portugal anunciou que um grupo de oito estudantes cabo-verdianos solicitou à Embaixada o apoio para ser repatriado para Cabo Verde, devido a problema de sustentabilidade por que passam, devido a covid-19.

Em declarações hoje à RCV, Eurico Monteiro reconheceu que a situação financeira está a tornar-se mais difícil para os estudantes cabo-verdianos que ficaram privados das remessas dos familiares emigrados em outros países, que também enfrentam dificuldades nos países de residências, o que têm causado atrasos nos envios do financiamento.

Outro problema apontado por Eurico Monteiro está relacionado com o facto de muitos estudantes que trabalhavam, em tempos parciais, em estabelecimentos como restaurantes, bares, cafés, cantinas e nos centros de apoio estudantil, bem como nas associações, ficaram sem fonte de rendimento, uma vez que estes serviços estão também a “sofrer” por causa desta crise mundial.

“Este complemento de financiamento da sua estada pode ter sido, também, posto em causa”, admitiu o diplomata cabo-verdiano em Lisboa, assegurando que a Embaixada de Cabo Verde está a acompanhar esta situação, em articulação com as associações de estudantes, de forma a conseguir apoios pontuais.

O Ministério da Educação, segundo reportou Eurico Monteiro, está a acompanhar esta situação difícil junto de vários estudantes cabo-verdianos neste país europeu.

Cabo Verde tem 90 pessoas infectadas com o novo coronavírus, sendo 53 na ilha da Boa Vista, 33 no concelho da Praia, 2 no concelho do Tarrafal, 1 em São Domingos) e 1 em São Vicente.

De acordo com os dados do Ministério da Saúde, 298 pessoas estão em quarentena obrigatória a nível nacional, sendo 291 na Praia relacionados com os casos em investigação e com as amostras que estão por analisar.

As autoridades Saúde informaram ainda que 206 amostras estão em curso, sendo 141 da Boa Vista e 65 na Praia.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 200 mil mortos e infetou mais de 2,8 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

SR/JMV

Inforpress/fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos