Covid-19/Brava: Protecção Civil e PN dão continuidade à ronda de sensibilização para cumprimento do estado de emergência

Nova Sintra, 30 Mar (Inforpress) – O Serviço da Protecção Civil e a Polícia Nacional na Brava continuaram hoje com a campanha de sensibilização para o cumprimento do estado de emergência, com o objectivo de as pessoas a conhecerem a lei que rege este estado.

À Inforpress, o responsável pelo Serviço da Protecção Civil, António Marcelino, avançou que as pessoas demonstraram ter um certo conhecimento sobre a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) pela qual o mundo e o país está a viver e da mesma forma demonstraram ter conhecimento sobre o estado de emergência.

Segundo o mesmo, a maioria das pessoas contactadas prometeu acatar as ordens e medidas que se encontram estipuladas na lei publicada no Boletim Oficial.

António Marcelino realçou ainda, que para os que demonstram uma certa “resistência” a sensibilização e a passagem de informação vai continuar, mas a partir de um certo momento, passarão a tomar medidas, conjuntamente com a equipa da esquadra policial da Brava.

Pois, reforçou que “é necessário que cada um obedeça às medidas, assume as suas responsabilidades e cumpre com o estabelecido”.

Questionado se o número de profissionais do Serviço de Protecção Civil na ilha é suficiente para fazer este trabalho de sensibilização, António Marcelino sublinhou que para o número de habitantes e pelas características geográficas da ilha, seriam necessários mais recursos humanos.

Mas, avançou que o Serviço da Protecção Civil conta também com o apoio dos bombeiros voluntários, que sempre se demonstraram disponíveis para trabalhar em conjunto na sensibilização e consciencialização do povo bravense face à pandemia.

Por seu turno, o comandante da esquadra policial da Brava, Higor Almeida, avançou que tudo decorreu na normalidade, onde no período de manhã depararam-se com algum número de pessoas oriundas das zonas altas, mas para os serviços essenciais.

O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, declarou no sábado, 28, o estado de emergência no País, devido à pandemia Covid-19, com duração de 20 dias, a partir das 00:00 de 29 de Março, até às 24:00 do dia 17 de Abril.

MC/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos