Covid-19: Brasil amplia lista de produtos para combate à pandemia isentos de imposto

São Paulo, 03 Abr (Inforpress) – O Governo brasileiro ampliou hoje a lista de produtos importados necessários ao combate do novo coronavírus e que estão isentos temporariamente de impostos.

A resolução e a lista dos produtos contemplados foram decididas pela Câmara de Comércio Exterior (Camex), tendo a publicação já ocorrido no Diário Oficial da União.

Entre os produtos com isenção temporária de imposto estão tecidos para fabricação de máscaras de protecção facial, suporte para circuitos respiratórios, válvulas de ventiladores pulmonares e baterias.

A Camex já tinha reduzido a zero o imposto para álcool etílico e imunoglobulina, no final de Março.

O Governo brasileiro informou na quinta-feira que o país regista 299 mortos e 7.910 infectados pelo novo coronavírus Covid-19, naquele que foi o terceiro dia consecutivo em que o país sul-americano ultrapassou os mil casos confirmados da doença.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infectou mais de um milhão de pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 55 mil.

Dos casos de infecção, cerca de 200 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em Dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia.

Inforpress/Lusa/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos