Covid-19/Boa Vista: Protecção Civil inicia desinfecção nas zonas de Povoação Velha e Estância de Baixo

Sal Rei, 02 Abr (Inforpress) – As zonas de Povoação Velha e de Estância de Baixo foram desinfectadas e, ao mesmo tempo, se aproveitou para reforçar a campanha de sensibilização, nesses povoados, para as medidas de prevenção do novo coronavírus.

A equipa, constituída por elementos da Protecção Civil, voluntários da Cruz Vermelha, Polícia Nacional e Forças Armadas esteve na localidade de Povoação Velha para desinfectar as zonas identificadas para este fim.

Mais tarde, a equipa esteve na localidade de Estância de Baixo para também fazer o mesmo procedimento.

Segundo o presidente do Serviço Nacional da Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB), Renaldo Rodrigues, a ideia é desinfectar toda a ilha de Boa Vista, mas iniciou-se este procedimento nos pontos de atracção turística.

“Ainda esta semana faremos mais acções do género na cidade de Sal Rei e acredito que na sexta-feira teremos todas as condições criadas para fazer esta acção no bairro”, disse o comandante, que relembrou que, além da desinfecção, vai continuar a reforçar a campanha de sensibilização e consciencialização da população, por toda a ilha.

Entretanto, adiantou que desinfectar outras zonas da cidade implicará outros meios e outras viaturas pesadas para esta acção nas ruas da cidade e no bairro de Boa Esperança, que terá a oportunidade de ser desinfectada ainda esta semana.

Quanto ao comportamento das pessoas, Renaldo Rodrigues disse que se nota que as pessoas começam a relaxar um bocado, mas que não sabe se poderá ser devido às suspeitas que têm sido localizadas no espaço hoteleiro, até este momento.

Mas, para o presidente da Protecção Civil, isto traz “algum descaso” às pessoas, mas garante que vão continuar a reforçar a sensibilização e chamar atenção para a consciencialização colectiva.

“Apesar de os resultados até este momento serem de certa forma encorajadores, isto nos dá mais alento”, concluiu Reinaldo Rodrigues, que analisa que este facto também traz “mais responsabilidade de tudo aquilo que se tem vindo a fazer até agora, para não correr o risco de morrer na praia”.

VD/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos