Covid-19/Boa Vista: Câmara municipal lança apelo ao reforço de campanhas solidárias durante estado de emergência

Sal Rei, 02 Mai (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal da Boa Vista lança apelo ao reforço de campanhas solidárias no sentido de continuar a ajudar as famílias que passam por dificuldades, após a prorrogação do estado de emergência.

O edil boavistense, José Luís Santos fez este apelo em entrevista à Inforpress quando reagia à decisão do Presidente da República de levantar o estado de emergência em São Vicente e de o prorrogar por 12 dias, nas ilhas de Santiago e Boa Vista a partir das 00:00 de 03 de Maio.

“Agora com estas medidas de renovação do estado de emergência vamos ter que voltar a lançar um apelo, às empresas, ao Governo e a todos que conseguem colaborar para continuar a ajudar pessoas individuais e famílias que estão a passar por dificuldades”, disse José Luís.

Para o edil, “se esta onda de solidariedade que apelida de SOS, não for reforçada poderá haver uma situação social mais complicada”.

E devido a estes problemas económicos e consequentemente também sociais que a ilha enfrenta, o edil defende que “os poderes autárquicos e municipais têm que continuar a criar condições, para socorrer as famílias que estão a passar por dificuldades”.

Por isso, defende, repetindo que há que se reforçar rapidamente, entre outras medidas, as quais garantiu que a autarquia boavistense tem vindo a tomar, “apoiar as pessoas na alimentação, fornecimento da água gratuita, outras como isenção de impostos, no sentido de minimizar o sofrimento das pessoas”.

“Batemos à porta de todas as empresas nacionais e tivemos uma onda de solidariedade como nunca visto na Boa Vista”, afirmou o presidente da CMBV, esperando o relançar e reforço desta onda solidária, para continuar a distribuir cestas básicas a todas as famílias boa-vistenses.

Cabo Verde regista 152 casos de covid-19, distribuídos pelas ilhas de Santiago (93), da Boa Vista (56) e de São Vicente (três).

Destes casos testados positivos há a registar 18 recuperados e duas mortes – um cidadão inglês de 62 anos que se encontrava de férias na ilha da Boa Vista, e uma idosa de mais de 90 anos do concelho da Praia.

VD/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos