Covid-19: Associação Desportiva Relâmpago distribui 68 cestas básicas 

Cidade da Praia, 21 Abr (Inforpress) – A Associação Desportiva Relâmpago procede hoje a distribuição de 68 cestas básicas angariadas na campanha “1 Kg de alimento”, lançada no início deste mês para cobrir carências alimentares dos que mais precisam neste período da pandemia covid-19.

A presidente do clube adiantou a Inforpress que a campanha de solidariedade social “1 Kg de alimento” conseguiu arrecadar 68 cestas básicas, avaliada em 3.500 escudos a cada família, que vão ser distribuídas esta terça-feira nas localidades de Tira Chapéu, Ponta d’Água e Simão Ribeiro, esta última localidade da Praia rural.

Sabina Fortes avançou que vão ser beneficiados dez atletas do clube com a cesta básica, para suprimir as necessidades alimentares em tempo de confinamento face a pandemia do novo coronavírus (covid-19) e que todas as restantes vão ser atribuídas a pessoas carenciadas das referidas localidades.

À Inforpress, a líder desta colectividade enalteceu os dinamizadores da campanha social na diáspora, designadamente Franklim Semedo, no Luxemburgo, e Fabienne Pappalardo, em França, de entre outros intervenientes, que contribuíram “de forma activa” para a angariação das cestas básicas com bens de primeira necessidade.

A Associação Relâmpago, sediada no bairro de Palmarejo, na Cidade da Praia, lançou a campanha social através da publicação na rede social com os contactos desta colectividade, uma iniciativa, segundo a mesma, que vai ao encontro das responsabilidades desta organização no plano social.

A jovem agremiação do Relâmpago, fundada há três anos pela sua presidente, Sabina Fortes, conta com uma equipa na primeira linha da Associação Regional de Futebol de Santiago Sul  que disputa pelo segundo ano consecutivo o campeonato nesta região desportiva, depois de há duas temporadas ter conquistado o título de campeão do segundo escalão.

Cabo Verde conta 67 casos positivos de covid-19, sendo 52 na ilha da Boa Vista, 13 na cidade da Praia, um no concelho do Tarrafal e um na ilha de São Vicente.

Dos casos confirmados registou-se um óbito, um cidadão inglês de 62 anos, que se encontrava de férias na ilha da Boa Vista, e um doente recuperado.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 165 mil mortos e infectou quase 2,5 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 537 mil doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China

SR/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos