Covd-19: Provedoria de Justiça adopta regime de teletrabalho

Cidade da Praia, 31 Mar (Inforpress) – A Provedoria de Justiça também adoptou o modelo de teletrabalho por causa da situação em que se vive no País e o mundo por conta da covid-19, conforme revelou à Inforpress o Provedor de Justiças, António Espírito Santo Fonseca.

O provedor avançou esta informação no final de uma reunião de trabalho com os seus colaboradores, realizada esta segunda-feira nas instalações da Provedoria de Justiça, na cidade da Praia.

“Na sequência de outras medidas anteriores, tendo em conta a situação de calamidade, nós tínhamos decidido passar a funcionar em teletrabalho. Ficou estabelecido que em caso de declaração de estado de emergência, poderíamos eventualmente fazer algum reajustamento”, informou.

Sendo assim, disse, ficou acordado que os trabalhadores da provedoria ficam em casa, trabalhando e depois remetendo tudo que for possível “electricamente” para a provedora adjunto e para o provedor.

“As pessoas que queiram dirigir ao Provedor de Justiça agora vão fazê-lo via correio electrónico ou por telefone, como previsto. Não vai haver atendimento presencial durante este período”, completou.

António Espírito Santo Fonseca frisou ainda estar claro que as medidas decretadas pelas autoridades, a começar pela declaração do estado de emergência, “são muito necessárias”.

“Enquanto Provedor de Justiça também apelo às pessoas a que tenham o máximo de rigor no cumprimento das decisões e sobretudo das recomendações das autoridades sanitárias e das autoridades de protecção civil”, pediu.

GSF/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos