Confrontos comunitários no Burkina Faso provocam sete mortos

Uagadugu, 02 Abr (Inforpress) – Confrontos ocorridos no domingo e na segunda-feira entre comunidades na comuna de Arbinda, no Burkina Faso, perto da fronteira com o Mali, provocaram sete mortos, anunciou o governador da região do Sahel, o coronel Peguy Hyacinthe Yoda.

“Na noite de domingo, indivíduos armados introduziram-se na aldeia de Hamkane, situada a sete quilómetros de Arbinda, onde assassinaram o xeque (líder religioso) da localidade, o seu filho mais velho e o seu primo”, declarou Yoda à AFP, especificando que uma quarta pessoa tinha sido assassinada numa localidade vizinha.

As três primeiras vítimas eram da etnia Peul, indicou um habitante à agência noticiosa.

No dia seguinte, durante o funeral, três pessoas acusadas de terem participado nos assassinatos foram “linchadas”, especificou o governador.

Lusa/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos