Celso Ribeiro acusa edil tarrafalense de “má gestão e dilapidação” dos parcos recursos e activos deste município

Cidade da Praia, 03 Nov (Inforpress) – O deputado do MpD pelo círculo eleitoral de Santiago Norte Celso Ribeiro acusou hoje o edil tarrafalense, José dos Reis, e os seus “camaradas” do partido de “má gestão e dilapidação” dos parcos recursos e activos deste município.

Celso Ribeiro falava em conferência de imprensa sobre aquilo que considera “má gestão” na Câmara Municipal do Tarrafal de Santiago e para pedir a prestação de contas no âmbito do compromisso estabelecido com os tarrafalenses por parte do PAICV.

A mesma fonte afirmou que nestes últimos três anos, o município do Tarrafal tem sido governado com muitas “ilegalidades, intransparências, incumprimentos, perseguições e desigualdades”, por parte do edil José dos Reis e os seus “camaradas” do seu partido.

“O estado do nosso município é bastante preocupante e os dados apontam para um autêntico retrocesso em todas as áreas, pois não se regista nenhum ganho estruturante no município, resultante do trabalho feito pelo presidente José dos Reis”, acrescentou.

Neste sentido, citou o político alguns exemplos de incumprimentos por parte da equipa “mudar é preciso”, como é o caso dos “sete campos relvados”, que até hoje não se concretizou, considerando que isto leva à “degradação total” do sector do desporto no município, que, segundo os clubes e associações desportivas, “nada tem sido feito”.

Referiu ainda sobre o projecto para a asfaltagem das principais artérias do município e edificação de ruas pedonais, afirmando também que até ainda não se fez nada neste sentido, acusando o edil que está focado mais na “promoção de negociatas”, beneficiando alguns e prejudicando muitos.

“Nunca antes, a Câmara Municipal do Tarrafal esteve tão mergulhada em tantos problemas e envolvida sobretudo em polêmicas e litígios judiciais”, afiançou o deputado.

Segundo o mesmo, o objectivo de construir 200 casas de banho por ano foi protelado para dar lugar aos festivais e às inúmeras viagens do presidente ao exterior, que, no seu entender, nada tem contribuído para o município.

“O propósito da criação da escola municipal do turismo, seguramente foi esquecido, bem como, o projecto para a urbanização turística de Achada Tenda e Ribeira das Pratas e construção de várias habitações engavetado, são também alguns dos vários projectos constantes da plataforma eleitoral do PAICV que foram ignorados”, disse.

Além disso, apontou que a actual câmara está ultimamente sob um escândalo, que é  do conhecimento de todos os tarrafalenses, que tem a ver com “o desvio de dinheiro, roubo de equipamentos e materiais diversos”, considerando que o edil  fez  “vista grossa” a este caso e preocupou-se mais em estar nas redes sociais a tentar “ameaçar e intimidar” os seus adversários políticos, “via perfil falso”.

“O presidente, José dos Reis, tem gerido o município dentro de um quadro de muita intransparência, tendo em vista que tem anunciado financiadores, patrocinadores e parceiros de empreitadas e obras, cujos contratos e contrapartidas são desconhecidos pelos tarrafalenses”, vincou Celso Ribeiro.

Para concluir, instou o edil que tenha a “hombridade e a coragem” de vir a público esclarecer sobre todas as questões mencionadas, afirmando que o seu partido continua firme e determinado para lutar e colaborar em prol do desenvolvimento deste município.

DG/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos