Cantoras brasileiras Mel Mattos e Bruna Ene com shows agendados na Praia e Assomada (c/áudio)

Cidade da Praia, 06 Abr (Inforpress) – As cantoras brasileiras Mel Mattos e Bruna Ene estão em Cabo Verde para vários espetáculos musicais e ainda para participarem nas conferências no Atlantic Music Expo (AMA), que se inicia no dia 08, na Cidade da Praia.

A cantora e compositora cearense com graduação em moda, Mel Mattos, que está em tour com o álbum “Demodé?!”, fez o seu primeiro concerto na Cidade da Praia, na noite de sexta-feira, 05, no Palácio da Cultura Ildo Lobo.

Para além do Palácio da Cultura, as duas cantoras vão actuar no dia 09 e 13 em alguns restaurantes da capital do país.

Paralelamente, Mel Mattos vai estar no restaurante Avis, no dia 11, e no dia 12, no Hotel Pescador, enquanto Bruna Ene actua no dia 11, na Cidade de Assomada (Santa Catarina), no restaurante Poial.

Em declarações hoje à Inforpress, as duas cantoras revelaram que essa vinda a Cabo Verde se deve à “paixão” do produtor William Mendonça, que participou nos anos anteriores nas actividades do Atlantic Music Expo, e que lhes fez criar essa mesma paixão pelo país.

Para a cantora Bruna Ene, que até já fala em residir em Cabo Verde, o povo cabo-verdiano tem sido “acolhedor e simpático”, por isso espera que a sua estadia no país, não seja apenas para apresentar a música brasileira, como também seja um momento de enriquecer-se com novos conteúdos e novas culturas.

No seu concerto, disse, o público vai ter oportunidade de ouvir muita música da sua autoria no estilo Pop, acompanhado do violinista Alex Ramon, mas ainda vão ter oportunidade de ouvi-la a interpretar algumas músicas dos cantores do nordeste do Brasil.

Paralelamente ao show, informou, dentro de dias vai gravar uma música da sua autoria com o rapper cabo-verdiano Jailson Correia do grupo “Trakinuz”.

Bruna Ene que está a preparar o seu primeiro álbum “Só”, que deverá ser lançado em Junho, manifestou o interesse em voltar, brevemente, para o país para fazer concertos nas nove ilhas do arquipélago.

Por sua vez, Mel Mattos, que está no mundo da música há 10 anos e já gravou dois álbuns “O Retratista (2010) e “Demodé?!” espera continuar a tocar as pessoas e a receber esse “feedback positivo” do povo cabo-verdiano.

“Para a gente enquanto artista independente e compositor é muito interessante trazer a música para um outro continente e ser tão bem-recebido assim. É emocionante e isso nos deixa muito confortável em saber que esse público está aberto para ouvir a gente e é mais uma responsabilidade de trazer o melhor da gente para vocês”, disse a cantora cearense que nos seus shows vai trazer toda a pluralidade da música popular brasileira.

Em relação às suas participações no Atlantic Music Expo ambas perspectivam fazer vários “meetings” com o intuito de conhecer novos produtores e novos artistas, aprender mais sobre a música do mundo, absorvendo informações e levar novas referências para o Brasil.

Ainda esperam sair com vários contratos e ainda com agenda rica para os próximos espetáculos.


AM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos