Câmara Municipal de São Vicente pede “consciência ambiental” à população na protecção dos espaços verdes

Mindelo, 21 Mar (Inforpress) – A vereadora do Ambiente da Câmara Municipal de São Vicente, Carla Monteiro, apelou hoje, em que se celebra o Dia Mundial da Árvore, à “consciência ambiental” da população sanvicentina na protecção dos espaços verdes.

É que, segundo a mesma fonte, das cerca de cinco mil espécies de plantas introduzidas pela autarquia em diversas zonas da ilha apenas 60 por cento (%) teve sucesso e a restante roubada ou vandalizada, nos últimos tempos.

“Apelamos às pessoas para não roubarem as plantas dos canteiros, pois a árvore é muito importante, vai muito além do valor estético e embelezamento da cidade devido aos seus múltiplos benefícios para o ecossistema”, concretizou a Carla Monteiro.

E foi com intenção de despertar a consciência ecológica nos alunos, “chamar-lhes à atenção para as árvores e as florestas”, principalmente nos espaços urbanos, que a autarquia escolheu a Escola Semião Lopes, na Bela Vista, para uma acção de plantação espécies arbóreas e arbustivas, no âmbito do Dia Mundial da Árvore, que se celebra hoje.

Ali, no espaço envolvente da escola, foram plantadas, ao todo, 12 árvores e 40 plantas ornamentais pelos próprios alunos já que, avança a vereadora, “faz todo o sentido” ter árvores nas escolas para a criação do microclima que se deseja.

A acção é complementada hoje na mesma escola com uma acção de sensibilização aos alunos do 4º ano para se falar do objectivo de se criar um ambiente ecológico na referida escola, despertar nos alunos uma consciência ambiental, conhecer e cuidar melhor da vegetação no seu todo e a importância da manutenção de uma cidade saudável e sustentável.

A celebração do Dia Mundial da Árvore começou a 10 de Abril de 1872, no estado norte-americano do Nebraska (EUA), e o seu mentor foi o jornalista e político Julius Sterling Morton, que incentivou a plantação ordenada de árvores no Nebraska, promovendo o “Arbor Day”.

Neste dia decorrem várias acções de arborização e reflorestação, em diversos locais do mundo.

O objectivo da comemoração do Dia Mundial da Árvore é sensibilizar a população para a importância da preservação das árvores, quer ao nível do equilíbrio ambiental e ecológico, como da própria qualidade de vida dos cidadãos.

Estima-se que mil árvores adultas absorvem cerca de 6000 quilogramas de dióxido de carbono (CO2) e que 30% da superfície terrestre está coberta por florestas, onde se realiza a fotossíntese, ou seja, produção de oxigénio a partir de dióxido de carbono.

AA/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos