Cabo Verde tem sido um “farol” de estabilidade na região africana – Anthony Blinken

Cidade da Praia, 22 Jan (Inforpress) – O secretário de Estado dos EUA, Anthony Blinken, disse hoje, na Cidade da Praia, que Cabo Verde tem sido um “farol” de estabilidade na região africana, num momento de instabilidade e desafio.

A observação foi feita num encontro de alto nível com o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, durante uma passagem, por duas horas, pelo país, enquadrada numa digressão pela África.

“Para os Estados Unidos da América, Cabo Verde é verdadeiramente um farol de estabilidade na região, num momento de instabilidade e desafio”, notou, salientado o trabalho que o País tem feito na aplicação das leis, na interdição de drogas, “com a apreensão de mais de 30 toneladas de cocaína nos últimos anos.

“Agradecemos Cabo Verde pela sua forte voz e princípios que trouxe às discussões internacionais e nas Nações Unidas”, notou.

Por isso, disse que Cabo Verde tem sido um parceiro importante e classificou de extraordinário o facto de ser o primeiro a completar o pacote do Millennium Challenge Account (MCA).

Esta passagem por Cabo Verde, informou o governante, foi a pedido do presidente norte-americano, Joe Biden, que defende que o futuro dos Estados Unidos da América e da África estão ligados.

“As vozes africanas moldam, animam e lideram cada vez mais o diálogo global”, disse Anthony Blinken, garantindo que os EUA estão empenhados em aprofundar, fortalecer e alargar as parcerias em África, “que beneficiam tanto os africanos como os americanos”.

Anthony Blinken esteve em Cabo Verde no quadro de uma digressão pela África que integra ainda passagens por Costa do Marfim, Nigéria e Angola.

O governante norte-americano esteve esta manhã no Porto da Praia, na Cidade da Praia, infra-estrutura que beneficia do financiamento do Millennium Challenge Corporation (MCC).

Esta primeira visita de um Secretário de Estado norte-americano a Cabo Verde, segundo uma nota do Governo, simboliza “forte amizade e a parceria exemplar entre os dois países”.

OM/HF

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos