Cabo Verde tem 11.060 empresas com um volume de negócios de mais de 287 milhões de contos – INE

Cidade da Praia, 29 Mar (Inforpress) – Os resultados preliminares do recenseamento empresarial de 2018, divulgados hoje pelo INE, apontam para a existência de um total de 11.060 empresas em Cabo Verde com um volume de negócios que ultrapassa os 287 milhões de contos.

Os dados, que reportam ao ano económico de 2017 mostram um crescimento do tecido empresarial cabo-verdiano de 9,5% face ao último recenseamento realizado em 2013 para o ano económico de 2012 e o volume de aumento de 14,7%, ou seja, o montante passou dos 250,8 milhões de contos em 2013 para 287,6 milhões de contos em 2017.

Segundo Fernando Rocha, director das Estatísticas Económicas e Empresarias do INE, das 11.060 empresas recenseadas apenas 9.983 estavam activas em 2017, com um acréscimo de 8,8% face ao ano de 2012.

O grosso das empresas estão sediadas na Cidade da Praia, mas as ilhas da Boa Vista e do Sal são as que tiveram maior crescimento em termos de volume de negócios e também em termos de número de pessoas empregadas.

Em contrapartida o Maio é a ilha que registou decréscimos tanto em termo de número de empresas com também nos volume de negócios e no número de pessoas empregadas.

No total as empresas empregavam em 2017, ano económico ao que o dado recolhido se refere, 63.486 pessoas com um crescimento de 23,5% face ao último recenseamento realizado em 2013 com ano base de 2012.

No que se refere à forma jurídica, Fernando Rocha adiantou que cerca de 70% das empresas activas são em nome individual e sociedade unipessoal (6.994), seguido das sociedades por quotas (2.303) e por último sociedades anónimas (686).

Contudo, são as sociedades por quotas os maiores empregadores (34%), seguido das sociedades anónimas, que, entretanto, geraram maior volume de negócios (59%).

No que se refere à distribuição por actividades, os dados apontam que a maioria das empresas recenseadas estão concentradas no sector do comércio, que alberga um total de 4.418 empresas, seguido de hotelaria e restauração com o registo de 1.514 empresas e indústria transformadora com 912 empresas.

Por ser o maior sector empresarial em Cabo Verde, o Comércio, conforme os dados, emprega mais pessoas (cerca de 23%) e gera maior volume de negócios (cerca de 38%).

Do total das empresas activas (9.983) apenas 3.300 empresas estavam com contabilidade organizada e 6.683 empresas não tinham contabilidade organizada.

Entretanto as empresas com contabilidade organizada facturaram 95% do total do volume de negócios em 2017.

MJB/ZS

Inforpress/fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos