Cabo Verde emite cerca de sete mil passaportes electrónicos no primeiro trimestre de 2019

Cidade da Praia, 02 Abr (Inforpress) – A emissão do Passaporte Electrónico Cabo-verdiano (PEC) mantém a tendência estável em todo o território nacional e na diáspora, tendo-se processado só no primeiro trimestre de 2019 cerca de sete mil PEC´s, avançou hoje fonte do SNIAC.

Ainda segundo informações avançadas pelo Sistema Nacional de Identificação e Autenticação Civil (SNIAC), no decorrer do referido trimestre, foram processados mais de 2.912 casos, isto é, abaixo de 15 dias considerado como “prazo normal” e mais de 1.241 abaixo de 7 dias na vertente de “carácter urgente”.

A mesma fonte adianta que até agora mais de 100 mil cabo-verdianos são portadores desse novo documento de viagem electrónico mais seguro, moderno e mais tecnológico.

“O PEC é um documento alinhado com as normas internacionais da ICAO, ISO e outras e, como tal, de igual valência em comparação com os demais países que deram esse passo de desenvolvimento e progresso”, lê-se na nota informativa.

O SINAC salientou, por outro lado, que foi feito um grande esforço visando alargar a emissão do PEC, referindo que actualmente o serviço é feito em todas as nove ilhas, praticamente em todos os concelhos e em 18 sítios na diáspora, através das embaixadas e consulados cabo-verdianos.

O Passaporte Electrónico de Cabo Verde (PEC) foi criado pelo Decreto-Lei nº 21/2014, de 17 de Março. É um documento electrónico de viagem que cumpre com as melhores práticas e especificações internacionais quanto à produção, segurança, garantia anti fraude e uma interoperabilidade à escala global.

CM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos