BVC já conta com um título sustentável na congénere do Luxemburgo Sustainable Exchange (LuxSE)

Cidade da Praia, 22 Nov (Inforpress) – A Bolsa de Valores de Cabo Verde (BVC) já conta,  desde 14 de Novembro, com um título sustentável, emitido pelo International investment bank (iibCV), listado na congénere do Luxemburgo Sustainable Exchange (LuxSE).

Esta primeira Listagem Dupla (Dual Listing) de uma Emissão Obrigacionista Sustentável   se trata do título iib Marine and Ocean-based Blue Bond Série D – 4% 2023 | 2028, um instrumento financeiro pioneiro emitido pelo Internacional investment bank.

Em declaração à imprensa, o presidente da BVC, Miguel Monteiro, disse que doravante qualquer emissão feita em Cabo Verde de um título sustentável passa a ter a visibilidade de um mercado internacional, como sendo o Luxemburgo, “que é a principal praça financeiros em termos de títulos sustentáveis a nível mundial”.

“Estamos aqui a ajudar que as empresas, os municípios ou mesmo o Governo possa ter aqui um espaço para ter notoriedade das emissões que fazem”, notou Miguel Monteiro, enaltecendo a “capacidade” do iibCV de ser a primeira instituição a cumprir os critérios.

“Fê-lo muito bem e o resultado é que desde 14 de Novembro temos as Blue Bonde emitidas pelo IibCV, listadas tanto em Cabo Verde como no Luxemburgo”, precisou aquele responsável, apontando que a ideia é que haja investidores internacionais na BVC.

Do lado do Luxemburgo, esclareceu que existe a notoriedade e a visibilidade do título emitido, sendo que, conforme frisou Miguel Monteiro, os negócios vão acontecer na Bolsa de Valores de Cabo Verde.

Miguel Monteiro considerou, entretanto, que esse facto representa um marco “histórico” da jornada de Cabo Verde rumo ao desenvolvimento sustentável e à excelência nos mercados financeiros.

O presidente da Comissão Executiva do iibCV, Francisco José Ferreira, considerou que a emissão do “iib Blue Bond” na Bolsa do Luxemburgo marca “significativamente” a posição da instituição na vanguarda da evolução e da inovação dos mercados de capitais em Cabo Verde.

A Blue Bond (Obrigações Azuis de Cabo Verde) foi desenvolvida pela iibCV, através da plataforma Blu-X, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

As Obrigações Azuis denominadas iib Marine and Ocean-based Blue Bonds, têm como objectivo possibilitar o financiamento de projectos estruturais, bem como o desenvolvimento e inclusão financeira de pequenos empreendedores em comunidades costeiras.

OM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos