Brava: Vítima de incêndio diz ainda depender de ajuda de pessoas bondosas (c/áudio)

Nova Sintra, 31 Jan (Inforpress) – O morador da localidade de Furna Teodoro de Pina, que perdeu a casa e todos os seus pertences num incêndio, afirmou hoje que tem vindo a receber muitas ajudas, contudo a sua vida ainda não voltou à normalidade.

Em entrevista à Inforpress, Teodoro de Pina que foi vítima de um incêndio, na noite do dia 22 de Novembro, quando houve uma explosão de gás na sua residência, admitiu que a sua vida está complicada, tendo em conta que desde o acidente ainda não começou a trabalhar para obter o seu próprio sustento.

“Tendo em conta que perdi o meu motor de bote que era o instrumento crucial de trabalho, até agora não consegui arranjar outro e, por isso, estou à mercê de ajudas de pessoas de bom coração. A câmara municipal disse que nos iria ajudar, mas até ao momento estamos a aguardar”, sublinhou.

No entanto, frisou que recebeu quantias em dinheiro, como apoio de amigos que residem fora do país, mas que teria utilizado para fazer um tratamento na garganta, em cidade da Praia e que ficou sem quase nada. “Na segunda-feira passada beneficiamos também de donativos, nomeadamente, vestuários e géneros alimentícios, provenientes do projecto solidário Zé Luís”, disse.

“Na verdade, a situação neste momento está bastante complicada, mas com esta ajuda vai dar para aguentar mais um tempinho, visto que o momento não é muito favorável, tendo em conta que tenho crianças menores e neste momento estamos sem condições de ter uma vida digna”, salientou.

Conforme realçou, o sustento da família vinha da pesca e com a perda do material de trabalho ficou de mãos atadas.

“Tio”, como é conhecido, disse estar esperançoso que Deus proverá e que tudo irá voltar à normalidade, visto que é chefe-de-uma família de cinco membros, incluindo menores, que dependem muito dele.

DM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos