Brava: Vereador do Desporto perspectiva um núcleo de futsal para dinamização e organização de provas regionais

Nova Sintra, 08 Nov (Inforpress) – O vereador do Desporto projecta, como próximo passo, a criação de um núcleo de futsal para a “dinamização” e organização de provas regionais, na Brava, estando já formados novos árbitros nesta modalidade.

O vereador do Desporto da Câmara Municipal da Brava, Mário Soares, fez este anúncio, à margem da cerimónia de entrega dos certificados e equipamentos aos oito novos árbitros de futsal, recém-formados, ocorrida nesta terça-feira.

“A criação de um núcleo de futsal é extremamente importante e, por isso, os árbitros que já estão formados têm que estar extremamente bem representados”, sublinhou, acreditando que, neste momento, já tem pessoas capacitadas e condições a nível de infra-estruturas para a realização de competições regionais de futsal.

A câmara municipal, juntamente com os seus parceiros e colaboradores, disponibilizou alguns equipamentos que foram distribuídos aos novos árbitros, no entanto, o vereador prometeu, que continuará à procura de novas parcerias para a dignificação da classe.

“Pretendemos criar todas as condições para que as provas sejam realizadas com condições mínimas e com forte engajamento do sector privado e público”, salientou, reforçando ainda que aguardam a colaboração de todos os atletas, equipas e dirigentes, para abraçarem este projecto.

Reinaldo Ramos, um dos membros desta iniciativa, salientou que a criação de um núcleo de futsal é o que estava a faltar nesta modalidade, na ilha, porque, justificou, os jovens têm estado a praticar este desporto só em períodos de festas tradicionais.

“Precisamos criar um grupo responsável, agora já temos árbitros formados e isso é um passo bastante importante para a oficialização da competição de futsal a nível nacional”, notou.

Reinaldo Ramos assegurou ainda que, em termos regionais, vão criar as suas competições permanentes e que não vão ficar à espera apenas de festas tradicionais para organizarem uma competição.

Por sua vez, o formado Napoleão Gomes considerou que a criação de um núcleo de futsal é de “grande relevância”, tendo em conta que, na ilha, existe muitos jovens que praticam este tipo de modalidade e também porque a Brava não tem estado a participar nas competições de futsal, a nível nacional.

“Tem que ser criado um grupo para desenvolver o futsal no concelho, porque é uma modalidade de extrema importância na nossa ilha”, considerou.

DM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos