Brava: População reivindica melhoria da iluminação pública

Nova Sintra, 07 Nov (Inforpress)- A deficiente iluminação pública, em algumas localidades na ilha Brava, está a preocupar a população, que clama pela recuperação de algumas lâmpadas e instalação de novos pontos de iluminação.

Cerca de uma dezena de pessoas, residentes em diferentes localidades do concelho, procuraram hoje a comunicação social para manifestarem o seu descontentamento com a falta de iluminação pública que tem estado a afetar várias zonas na Brava.

Em declarações à comunicação social, Viriato Gomes, morador da Vila de Nova Sintra, manifestou a sua preocupação, salientando que a rua onde mora está há muito tempo sem iluminação e considerou ser “péssima” esta situação.

“Nós moramos nas zonas mais afundas, estamos sem iluminação, o responsável da Electra já tem o conhecimento desta situação, isso porque veio ver com os seus próprios olhos, contudo, disseram que vão mandar técnicos para trocar as lâmpadas, mas até agora não chegaram a fazer”, salientou.

De acordo com a mesma fonte, o mesmo conseguiu reparar uma das iluminações na sua rua, isso, com o apoio de um vizinho emigrante que lhe forneceu uma lâmpada.

“A população paga pela iluminação pública e por isso queremos fazer valer o nosso direito, os responsáveis sabem que a manutenção dos postes de luzes é necessária, por isso, apelamos à resolução deste problema o mais breve possível”, manifestou.

Já Daieltom Delgado, morador da localidade de Lém, disse que já faz mais de cinco meses que os responsáveis da Electra estão a afirmar que irão resolver o problema, mas, segundo o mesmo, nunca chegam.

Por sua vez, Rosa Maria da Rosa, moradora da zona de Ponta Baixo, clamou pela iluminação nas ruas, mais atrás da cidade, para que haja segurança e bem-estar de todos.

“Pedimos a quem é de direito para ter mais atenção com a população bravense, visto que em várias comunidades do concelho tem havido uma fraca iluminação nas ruas, uma vez que não estão a fazer as trocas das lâmpadas que não funcionam”, finalizou.

DM/JMV
Inforpress

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos