Boa Vista: Directora Nacional do Planeamento exorta a participação no plano de desenvolvimento local

Sal Rei, 07 Jun (Inforpress) – A directora nacional do Planeamento do Ministério das Finanças, Francisca Santos, desafiou hoje os actores do município e de desenvolvimento da Boa Vista a participarem nas actividades de implementação do programa Plataforma de Desenvolvimento Local.

O repto foi lançado durante a apresentação da Plataforma de Desenvolvimento Local de Boa Vista para “socialização” do programa, que tem como objectivo melhorar a articulação, a coordenação e a gestão dos processos de desenvolvimento local, através da implementação de plataformas de articulação multinível, multissectorial e multiactores.

“Desde já, lanço o repto que continuem a participar nas demais actividades que irão acontecer, pelo menos até Dezembro de 2020, que é o ‘timing’ que temos para implementar as actividades do programa para Boa Vista”, disse a responsável, que espera que as iniciativas deste processo tenham continuidade.

Francisca Santos enalteceu o “sucesso de Cabo Verde” nos resultados na implementação de alguns projectos na primeira fase deste programa e o facto de conseguir um financiamento adicional do Grã-Ducado para estender o programa a outros municípios, nomeadamente Boa Vista.

Considera que para o sucesso do programa na ilha de Boa Vista é preciso uma “forte liderança” da câmara, enquanto principal actor que mobiliza os demais actores do desenvolvimento, mas também outros sectores da sociedade civil.

Em declarações à Inforpress no final da cerimónia, o presidente da Câmara Municipal da Boa Vista, José Luís Santos, disse que a ilha já tem um diagnóstico “muito pessoal e exaustivo” para elaborar o plano de desenvolvimento local, mas que o núcleo vai trabalhar para ter a sua própria visão.

“Ainda não podemos avançar nomes porque não seria correcto antes de falar com as pessoas estar aqui a avançar nomes”, observou o autarca, que pediu a disponibilidade de todos que irão integrar o núcleo, para eleger um coordenador local.

O programa Plataforma para o Desenvolvimento Local e Objectivos 20/30 em Cabo Verde é uma iniciativa do Governo de Cabo Verde financiada pelo Grão-Ducado do Luxemburgo e implementada com a assistência técnica do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

VD/CP
Inforpress/fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos