Boa Vista/Culturismo: Representante da ilha na Taça de Cabo Verde diz-se “melhor preparado” (c/áudio)

Sal Rei, 24 Set (Inforpress) – O culturista Harrison Domingos afirmou-se “melhor preparado” para representar Boa Vista na 2ª edição Taça de Cabo Verde de Culturismo e Fitness, prevista para sábado, 25, na Cidade da Praia, prova organizada pela Federação Cabo-verdiana de Halterofilismos (FCEAH).

O atleta boa-vistense falava à inforpress sobre a sua segunda participação para representar da ilha da Boa Vista na competição Taça de Cabo Verde de Culturismo e Fitness.

“Em relação a primeira edição, em 2019, sinto que me superei, o que já é uma vitória para mim. Estou melhor trabalhado de acordo com as informações sobre os critérios de classificação que tivemos na primeira edição”, afirmou.

Conforme contou Harrison Domingos, durante todo o ano dedicou-se a corrigir e superar os seus pontos fracos, por isso reiterou a sua confiança e segurança para, desta vez, indicou, trazer o título de campeão da modalidade desportiva.

Indicou que gostaria de ter mais companheiros a representar Boa Vista, mesmo que disputando a mesma taça, justificando que desta forma aumentaria a sua alegria e confiança nesta caminhada atlética.

Somado a isto tudo, Harrisson Gomingos garantiu que não lhe falta motivação para realizar o sonho de subir mais uma vez num palco, considerando que agora tem “mais noção e experiência”.

“É notável a transformação radical no meu corpo”, anotou, congratulando-se com trabalho conjunto de preparação e partilha de conhecimentos com o italiano Alberto Fontelo, com quem definiu um plano de treino, em que já se encontram na fase de “cortar algumas coisas, esculpir o corpo”, para que fique “seco, musculado e definido”, com técnica, assegurando as correcções de densidade e volume do físico.

Disse ainda contar com o patrocínio e apoio da Câmara Municipal da Boa Vista que o auxiliou e incentivou nesta jornada desportiva, em termos financeiros e plano de acompanhamento.

Mas, de todos estes apoios, o atleta destacou o da família, principalmente da esposa.

“É seguro e vou com a perspectiva de trazer a taça para Boa Vista”, reiterou, sublinhando que vai de cabeça levantada para encarar os adversários muitos deles “conhecidos, amigos e colegas”, que considera bem preparados fisicamente.

Mas, antecipou, em momento algum se sente intimidado tendo em conta que se disse confiante no trabalho do júri, que dará pontuação a quem estiver melhor.

Harrison Domingos lamentou que a modalidade às vezes ainda seja “discriminada”, mas garantiu ser este um desporto que “mexe na auto-estima, humor e felicidade das pessoas”, mantendo um ser humano “são e forte em termos psicológicos”.

“Porque se a mente não funcionar não há muito caminho a percorrer no físico. Isto é algo que me fortalece muito”, pontuou, aconselhando a quem puder, independente da idade, respeitando os limites e cada um com o seu objectivo, a praticar o culturismo e fitness, “um estilo de vida muito bom em todos os níveis”.

VD/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos