Banco Mundial anuncia 36,7 ME para transportes e infraestruturas resilientes em Cabo Verde

Cidade da Praia, 23 Nov (Inforpress) – O Banco Mundial anunciou quarta-feira, 22, a aprovação de um crédito de 40 milhões de dólares (cerca de 36,7 milhões de euros) para melhorar infraestruturas urbanas e de transporte resilientes em Cabo Verde.

“Deste modo, o Governo de Cabo Verde vai intervir, através do Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidade, em diferentes municípios, para desencravar localidades com potencial agrícola e turístico”, explicou a organização, em comunicado.

Ao mesmo tempo, o investimento em locais remotos deverá beneficiar infraestruturas de pescas e similares.

De uma forma geral, prevê-se a “criação de condições para melhorar o desempenho da atividade agrícola, turística e piscatória, com impacto sobre a economia das localidades”.

O objetivo é melhorar vários aspetos da vida local: produção, emprego e rendimento das famílias cabo-verdianas.

Os projetos a serem apoiados devem resistir às transformações induzidas pelas mudanças climáticas.

O financiamento inclui uma componente para assistência técnica para o fortalecimento da capacidade de gestão de transporte e outra para intervenção contingente em casos de emergência.

“Estima-se que aproximadamente 190.000 habitantes e 4.500 empresas em Cabo Verde beneficiem das melhorias”, prevê o Banco Mundial.

O financiamento é atribuído no âmbito da Associação Internacional de Desenvolvimento (IDA, na sigla inglesa), em linha com o Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável (PEDS) do Governo para o período de 2022 a 2026 e com o Quadro de Parceria do Grupo Banco Mundial com Cabo Verde, para o período de 2020 a 2025.

Inforpress/Lusa

Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos