“Aval do Governo a Cabo Verde Interilhas significa que o governo acredita no projecto” – Ulisses Correia e Silva

Cidade da Praia, 16 Set (Inforpress) – O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, disse hoje na Cidade da Praia, que o aval do Governo de 518 mil contos a Cabo Verde Interilhas significa que “o Governo acredita no projecto”.

O chefe do Governo, que falava aos jornalistas após a inauguração do escritório do Banco Mundial em Cabo Verde, sito no edifício das Nações Unidas, em Achada de Santo António, na Cidade da Praia, contrariou assim às declarações do vice-presidente do PAICV (oposição), Nuías Silva, quem disse hoje que o aval do Governo de 518 mil contos a Cabo Verde Interilhas significa que o “parceiro estratégico não tinha dinheiro” e nem “acesso ao capital sem as garantias do Estado”.

“Significa que o Governo acredita no projecto. Nós não damos garantias a projectos inviáveis. A garantia é apenas uma certificação, não só junto dos bancos, é uma certificação de confiança de qualidade que nós transmitimos aos nossos parceiros”, afirmou.

Ulisses Correia e Silva reforçou ainda que, por acreditar no projecto, o seu governo está a apostar no mesmo.

Conforme referiu o primeiro-ministro, “o governo não está a emprestar”, mas sim a garantir que tem a certeza, dados e informações relativamente ao risco do empréstimo.

“Estou em crer que nós vamos ter sucesso neste processo. Há muito ruído à volta, o que interessa é fazer as coisas acontecerem e desenvolver”, salientou.

GSF/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos