Assembleia Municipal dos Mosteiros reúne-se para debater relatório de actividades e contas de gerência

São Filipe, 11 Abr (Inforpress) –  A Assembleia Municipal dos Mosteiros reúne-se hoje na sexta sessão ordinária para apreciar e aprovar o relatório de actividades e a conta de gerência da autarquia dos Mosteiros, referente ao ano económico de 2018.

A câmara dos Mosteiros, aquando da apreciação da conta de gerência de 2018, que vai ser apreciada hoje pelos eleitos municipais, considerou que a execução orçamental atingiu os 95 por cento (%) de receitas e 86% das despesas.

Em nota justificativa da conta de gerência, o executivo camarário indica que a taxa de execução situou-se a volta dos 95% para as receitas, tem sido arrecadadas pouco mais de 187 mil contos quando a previsão inicial era de 198 mil contos, tendo realizado despesas na ordem dos 84%, isto é de cerca de 163 mil contos.

Para a autarquia presidida por Carlos Fernandinho Teixeira, a taxa de execução orçamental demonstra o “realismo e o princípio da exequibilidade e assertividade que tinha norteada a câmara aquando da elaboração do orçamento para o ano passado”.

Em termos de cumprimento da arrecadação de receitas correntes, a meta foi de 98% conforme o documento que vai ser apreciado pelos eleitos municipais e dos121 mil contos previstos no orçamento a autarquia arrecadou 119 mil contos.

Com relação às despesas dos cerca de 194 mil contos previsto no orçamento para realização de actividades a câmara gastou cerca de 163 mil contos, sendo que a taxa de realização situa-se na ordem dos 86%,  sendo que as despesas de investimentos foram de cerca de 76 mil contos, cerca de menos 20 mil contos que o inicialmente orçamentado.

JR/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos