Artesãos do Maio recebem formação sobre “Boas práticas de higiene para estabelecimentos alimentares”

Mindelo, 06 Out (Inforpress) – O Centro Nacional de Arte, Artesanato e Design (CNAD) realiza, quinta e sexta-feira, uma formação sobre “Boas práticas de higiene para estabelecimentos alimentares”, na ilha do Maio, em parceria com a Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS).

De acordo com o CNAD, esta acção, que vai decorrer no Centro de Formação Profissional, em Porto Inglês, é destinada a artesãos que operam no sector alimentar no âmbito do reconhecimento profissional do artesão.

O objectivo, acrescenta, é socializar os conhecimentos práticos relacionados com a legislação nacional, no que se concerne à higiene e à rotulagem dos alimentos, utilizando o método activo-participativo, baseando-se em estudo de casos práticos e exercícios.

O CNAD deu início à fase de implementação do processo de reconhecimento profissional do artesão, agora regulamentado, desde o ano passado em todos os municípios do país.

O processo consiste, conforme a organização, na divulgação, recolha de candidaturas e atribuição das cartas profissionais de artesão e de unidades de produção artesanal, e do respectivo cartão de reconhecimento profissional, bem como do selo “Created in Cabo Verde”, marca de reconhecimento da origem registada.

Sob a tutela do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, o CNAD é a entidade responsável pela regulamentação do sector do artesanato em Cabo Verde.

CD/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos