Acolp continua a passar por dificuldades após Governo ter cortado subsídio mensal

Cidade da Praia, 20 Jan (Inforpress) – A Associação dos Combatentes da Liberdade da Pátria (Acolp) continua a passar por sérias dificuldades após o Governo ter cortado o subsídio mensal de 75 mil escudos, avançou o membro da mesa da assembleia-geral, Álvaro Dantas Tavares.

Este responsável, que falava à Inforpress no âmbito das actividades comemorativas do Dia dos Heróis Nacionais, celebrado hoje 20 de Janeiro, adiantou que a verba foi cortada sem nenhum aviso prévio e que há dois anos a Acolp tem sobrevivido graças ao apoio e esforços dos associados e de outras entidades.

“Neste momento a associação está atravessando algumas dificuldades, por uma razão desconhecida deixaram de nos atribuir o subsídio há dois anos. Estamos para ter um encontro com o Governo e esclarecer essa questão, de maneira que nós estamos a viver muito à custa do esforço dos associados e outras entidades que nos procuram apoiar também”, disse.

Explicou ainda que o subsídio atribuído era de 75 mil escudos e a base de muito sacrifício e de forma muito poupada servia para pagar uma funcionária da associação e as facturas da electricidade e da água.

Entretanto avançou que por motivos de saúde do presidente da associação, a actual direcção já pediu demissão.

Perante esta situação, a associação pretende realizar muito brevemente uma nova assembleia-geral para a eleição dos novos órgãos sociais e rever os estatutos.

“Neste momento celebramos as datas comemorativas, fazemos um comunicado quando um combatente morre e actualmente há muitos, por causa do peso da idade e participamos muito nas acções da Fundação Amílcar Cabral”, apontou.

Criada em 1990, a Acolp tem como propósito divulgar e promover os ideais e motivações que orientaram a Luta de Libertação Nacional, transmitir, particularmente, às novas gerações, o testemunho e as experiências de quantos assumiram a Libertação da Pátria e velar pela preservação e dignificação da memória dos Combatentes da Liberdade da Pátria.

AV/HF

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos